Com deveras atraso, inicio aqui na Mob Ground alguns comentários sobre as HQs que adquiri ou fui presenteado pelos amigos lá na na CCXP (Comic Con Experience), que aconteceu em São Paulo no final de 2014.

Eu acabei não conseguindo fazer posts especiais na época, mas pra quem não foi, os nossos parceiros do Pipoca e Nanquim fizeram uma baita cobertura em vídeo sobre a CCXP. [Confira tudo aqui!]

RDQHS_CCXP_post
Foto: Daniel Porto, Rafael Oliveira e Bruno Mutt.

Enfim, o pessoal do coletivo Red Door HQs, como não poderia deixar de ser, também marcou presença no evento. Na área Artists’ Alley, um espaço onde quadrinistas independentes (ou não) poderiam apresentar e vender seus trabalhos, Bruno Mutt, Daniel Porto e Rafael Oliveira levaram dois lançamentos exclusivos para o evento: A Busca e Red Door HQs Vol. 1.

Primeiramente foi um grande prazer conhecer pessoalmente essa turma – tirando o Camilo Solano, que nem é do grupo, só marca presença na galeria dos artistas que tem no final das HQs…e que eu já conhecia na verdade… é que o cara é muito mala hahaha… zueira – e aproveito para agradecer pela consideração com a Mob Ground. Valeu!

E vamos aos quadrinhos lançados por eles, agora.

 a_busca_caapa

A Busca

Autor: Rafael Oliveira

24 páginas/ capa cartonada

Tamanho: 17x26cm

Como a HQ é bem curtinha, não posso comentar muito a história para não soltar nenhum spoiler. Mas o enredo trata-se basicamente de um mercenário (Danotti) que está fora da ativa e que se vê obrigado a fazer um último trabalho por causa de um problema pessoal. E o seu contratante é justamente um dos personagens mais marcantes e intrigantes que aparece em Feira Livre, e que estampa a capa dessa edição.

Aliás, aproveito para destacar esse ponto. As capas escolhidas no selo Red Door HQs são ótimas. Julgaria fácil a obra pela capa! =P

Além disso, gostei bastante da arte dinâmica do Rafael Oliveira. Espero que novas histórias do quadrante D-56 surjam. E que elas sejam maiores, eh!

Obs: Gostei bastante do início ao estilo Guardiões da Galáxia e assim como fiz em Feira Livre, li as primeiras páginas da HQ com uma música em minha mente. Dessa vez com: Redbone – Come and Get Your Love.

 


Capa_RDQHS_vol01_frente-Cópia1

Red Door HQs Vol. 1

Autores: Bruno Mutt, Daniel Porto e Rafael Oliveira.

60 páginas/ capa cartonada

Tamanho: 17x26cm

Essa edição de Red Door HQs Vol. 1 contempla o segundo ano de publicações do trio no site, reunindo as quatro histórias lançadas semanalmente por eles em 2014: Siga-me, Três-Fios, Dívida e Devora Ouro.

Pra quem não sabe, o que difere essa turma é o DNA deles (ah vá, você está pensando). O Red Door Hqs tem como identidade uma coisa bem legal: as histórias não apresentam um roteiro pré-definido e cada um desenha e faz o roteiro de uma página. As páginas são publicadas uma a uma, tendo o outro autor que esperar pela publicação anterior para decidir qual rumo seguir com a história, e assim por diante.

A única diferença nesse segundo ano deles para o primeiro é que eles decidiram fazer histórias curtas de 10 páginas nessa logística, para que eles pudessem ter uma variedade maior de histórias e treinar narrativas diversas. O que foi uma ótima decisão!

reddoorhqs6


Siga-me: A única sobrevivente a um massacre se depara com um ser saído das lendas de seu povo. E cabe a ela decidir se vai seguir os passos dessa lenda, ou não.

Gostei bastante dessa história. Ela tem bem a pegada do filme O Labirinto do Fauno do Guillermo del Toro, com seres místicos e uma criança em meio a tudo isso. Destaque para a página 15, desenhada pelo Rafael Oliveira, que é muito bonita!

reddoorhqs7

Três Fios: Após centenas de anos preso, um prisioneiro vê uma única oportunidade para escapar, para que seu futuro aconteça, seu passado nunca estará tão presente. 

“É uma cilada, Bino!” É o que eu diria para um dos personagens ai da história. Essa que é bem interessante. Eu provavelmente não daria ouvidos a minha própria consciência, inclusive. =P

reddoorhqs8

Dívida: Tem gente que nunca esquece uma dívida e espera apenas o momento certo para cobrá-la. Ganância e egoísmo faz com que as coisas saiam do controle nessa simples cobrança.

O perdão é uma das coisas mais libertadoras que alguém pode fazer. A falta de perdão é como uma pedra amarrada na perna de alguém, que a arrasta para o fundo do mar.” Essa frase ilustra muito bem também essa história, que é a que me agradou mais nesse volume.

Uma sugestão que daria aqui seria a de fazer os quadros sem os balões das falas dos personagens nas primeiras folhas (páginas 31, 32 e 33), deixando somente com a narração no narrador que aparece nelas. Pois assim como em um filme, quando o narrador fala, os personagens presentes nas cenas apenas ilustram a história que está sendo contada. Com todos falando ao mesmo tempo (narrador e personagens), perde-se o impacto das falas e tira-se a tensão do momento.

Façam um teste ai, ignorem os balões e vejam como ficaria melhor.

reddoorhqs9

Devora Ouro: Quatro guerreiros, um dragão devorador de ouro e uma enorme recompensa. Lancem os dados e divirtam-se nessa aventura animal.

Essa daqui é uma verdadeira aventura de uma partida de RPG. É tipo uma aventura bem mais divertida de O Hobbit com os anões e o Smaug, só que sem os anões, mas com uma gata, um rato, uma ursa, um cão e pra completar, uma tartaruga, adentrando na caverna do dragão. =P

Mil pontos pra Grifinória!


Galeria dos artistas (Camilo Solano e Pietro Antognioni) e autógrafos:


 

Por hoje é só. Você pode comprar todas as edições lançadas por eles AQUI, são bem baratinhas e você estará apoiando ainda um projeto independente muito bom.

Aproveita que eles estão com uma promoção bem legal, onde você leva todas as HQs (as 5 lançadas) por apenas R$ 40,00 e com frete grátis ainda!

Red-Door-Loja-online_final3

 

Não esqueça também de acompanhar o projeto coletivo deles no site http://reddoorhqs.com, que já tem uma história nova em andamento em 2015: The Badass.

Curta o Facebook da turma também: https://www.facebook.com/redoorhqs

Comente pelo Facebook

Designer (gráfico e web), viciado em séries e em filmes, colecionador, rockeiro, torcedor do Tricolor Paulista...

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta