Olá, pachuchus queridos!

Hoje vou tirar uma folga dos filmes bizarros e não recomendados (por enquanto porque, né?) e contar pra vocês sobre a belezinha que é o livro A Noiva Fantasma publicado aqui no Brasil pelos chuchus da Darkside Books.

Yangsze Choo
Autora: Yangsze Choo

Escrito por Yangsze Choo, A Noiva Fantasma conta a história de Li Lan, uma jovem garota cuja família passa por sérios problemas. A mãe da menina morreu vítima da varíola anos atrás e o pai vive fumando ópio para esquecer da dor da perda e para ignorar o fato de que a situação financeira da casa está longe de agradável. Acima disso tudo, o tempo de Li Lan se casar está correndo.

Vou contextualizar. Antigamente, tanto no oriente quanto no ocidente, as mulheres tinham uma faixa etária para se casarem. Geralmente varia dos 17 até os 20 e poucos anos. Quanto mais nova a moça, melhor. No entanto, quanto mais os anos passam, mais ela perde o “valor” matrimonial e as chances de se casar diminuem drasticamente. É uma situação bem cretina, se você me perguntar, mas enfim, continuemos.

A família Lan recebe um pedido de casamento vindo do clã dos Lim, eles querem que Li se case com o filho e herdeiro da fortuna, Lim Tiang Chin. Esse acordo de negócios mascarado de pedido de casamento vem em boa hora, visto que as finanças dos Lan vão de mal a pior. No entanto, há um pequeno detalhe que faz esse matrimônio um pouco difícil. Lim Ting Chin está morto.

IMG_20150819_201338172

Isso faz de Li uma noiva fantasma. Pode parecer coisa tirada da ficção, mas as noivas fantasmas existem de verdade. É uma tradição que está morrendo na cultura asiática, mas ainda é praticada seja para acalmar o espírito de um morto ou, assim como no livro, para firmar um acordo de negócios entre famílias. Em muitos casos o casal de noivos está morto e ambas as famílias reconhecem a união, no entanto, situações como a de Li Lan são possíveis também.

A protagonista recusa a ideia de se casar com um morto porque, para ela, além de ser uma ideia absurda, casamento é a menor de suas preocupações. Lan prefere estudar e aprender sobre o mundo do que passar o resto de seus dias como viúva dentro de um casarão. Porém, Li começa a receber visitas do espírito de Lim Tiang Chin em seus sonhos e partir daí nem tudo é o que parece.

Só um adendo. Muitos acreditam que quando sonhamos, nossos espiritos vão para um outro plano astral onde podemos interagir com outras almas e são presos ao nosso corpo por um fio prateado (cordão de prata). Claro que os sonhos são uma manifestação do nosso subconsciente e expressam vontades e sentimentos a respeito de vários aspectos de nossas vidas. Mas essa teoria do plano espiritual é interessante.

As descrições no livro são detalhadas, mas não absurdas (estou falando de você, Primo Basílio). São complexas o suficiente para que você tenha uma imagem bem clara da situação ou ambiente e simples o bastante para não cansar seu cérebro. Yangszee fez um bom trabalho com isso porque você se sente dentro da Planície dos Mortos, das moradias tratadas em questão no livro, no centro comercial movimentado, etc. É bem imersivo e isso só contribui para o aproveitamento da obra.

IMG_20150819_201255561

IMG_20150819_201129346

Outra coisa que ajuda bastante na imersão, e vou puxar o saco da editora mesmo, é o trabalho realizado no livro. A capa, a ilustração, a arte interna, etc. Todos esses elementos adicionaram mais camadas de imersão no livro, tem aquela sensação de um livro antigo e com um quê de sobrenatural. Transmite a ambientação interna do livro e o tipo de atmosfera que o mesmo tem. Ponto pros meninos e meninas da Darkside.

A autora te contextualiza bem sobre as tradições chinesas de antigamente, costumes, o que era bem aceito pela sociedade, o tipo de postura que as mulheres deveriam ter, a importância do matrimônio para uma garota e para sua família, etc. Ela não joga as informações na sua cara e espera que você entenda, principalmente se levarmos em consideração o fato de que essa história se passa do outro lado do mundo onde a cultura e os costumes são bem diferentes dos nossos.

[quote_box_right][…a imersão é grande e eu não fiquei quieta até terminar a última página.][/quote_box_right]Outra coisa que me atraiu para esse livro foi o elemento sobrenatural visto por uma religião e cultura diferentes da minha. Não é novidade para ninguém que sempre me interessei pelo sobrenatural. Tópicos como vida após a morte, teorias sobre renascimento, karma, o Além, o que acontece depois que morremos, sobre as divindades e seres que moram do outro lado desse plano e etc, sempre me fascinaram. Em A Noiva Fantasma você aprende mais sobre a versão chinesa desses assuntos de um jeito bem simples e fácil de entender. É informativo mas não te entedia.

O livro tem uma parcela de romance que não me agradou muito, não que seja exagerada ou constante, é até bem moderada e aparece em poucos momentos. No entanto, a história e ambientação da obra, e a própria protagonista e suas atitudes e opiniões sobre o desenrolar de eventos, foram muito mais interessantes para mim do que saber quem ela escolheria para ter ao seu lado.

A Noiva Fantasma é um livro cativante, charmoso e que te prende até o final se você se interessa pelo sobrenatural e suas sub divisões. Passa uma ambientação delicada e sutil, como se você visse um flashback nostálgico diante dos seus olhos, a imersão é grande e eu não fiquei quieta até terminar a última página.

a-noiva-fantasma-capaTítulo: A Noiva Fantasma (The Ghost Bride)

Autor: Yangsze Choo

Editora: Darkside Books (2015)

Páginas: 347

compraCOMPRE AQUI:

Submarino | Americanas | Saraiva | Amazon | Cultura | Shoptime


Carregar mais artigos relacionados
Load More By Beatriz Paz(uzu)
Load More In Destaque

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira também!

Santa Clarita Diet – Na saúde e na doença

Santa Clarita Diet é  um banquete de lamber os dedos do qual você vai querer repetir. Shei…