Olá meus deliciosos!

Hoje vai ter uma festa, posts, comentários e muita MOB pra você-ê!

Eu lembro quando você nasceu. Depois de muito nervoso, suor frio e altas expectativas dei F5 na página e lá você estava. Tão linda e ainda enrugada, nesse momento eu pensei “Essa vai longe”

Lembro de quando o patriarca e grande ancião da família Somos Nozes te mostrou para nós. Lágrimas, suspiros de alívio e gritos de alegria. A mais nova integrante havia chegado e tudo havia corrido bem. Daquele momento em diante eu sabia que você só nos encheria de orgulho e diversão. Um pouco de loucura também porque ninguém é de ferro.

Mob_1-ano

Logo nova você já mostrou que veio pra ficar. Se enfiava pelas masmorras da DeepWeb sozinha e sem auxílio, entrevistava vampiros sem medo de fazer uma pergunta idiota e tinha estômago de titânio para encarar as pérolas mais trash e sem noção da sétima arte.

Com o tempo você foi desenvolvendo personalidade e descobriu que o Hype é ser babaca, que Kurt Cobain não foi nenhum herói e que é possível praticar Magia e Ocultismo se você tiver um guia de iniciação certo. Descobriu os prazeres da Ultraviolência, que a indústria dos filmes quer te enganar com falsas ideias de relacionamento e que pipoca e Nanquim fazem uma excelente combinação.

Como toda pessoa, você foi ficando vaidosa. Mudou de visual várias vezes e começou a fazer amigos. É sempre bom ter alguém para jogar games, mesmo que eles sejam nota zero ou de arkade. Sabíamos que desde cedo você seria dura na queda e conseguiu sobreviver ao fim do mundo, à ditadura crepúsculo, quase ganhou um prêmio, descobriu que mangás para meninas podem ter muito mais do que imagens bonitinhas e nunca mais vai olhar para um cara magro de terno da mesma maneira.


Acho que falo no nome de todos os que viram o seu crescimento, desenvolvimento e existência quando digo que você só nos enche de orgulho. Tivemos tempos difíceis e sim, as vezes você nos fazia perder a cabeça, mas a verdade é que sem você não seríamos as mesmas pessoas. Eu não seria.

Do mesmo jeito que você fez amigos para jogar video games, eu também tive a oportunidade de conhecer muita gente legal por sua causa. Eu agradeço pela liberdade que você me propõe porque não é todo mundo que tolera minhas conversas sobre cinema trash, canibalismo ou qualquer outra coisa bizarra.

Obrigado MOB GROUND, e parabéns pelo seu 1 ano de vida.

E agora pra comemorar eu deixo aqui os 5 textos que eu mais gostei nesse período de 365 dias de existência:

  • “Os 11 filmes mais insanos da história do cinema”

http://mobground.net/os-11-filmes-mais-insanos-da-histria-do-cinema/

  • “O suicídio de Amanda Todd e o sexo na mídia”

http://mobground.net/o-suicidio-de-amanda-todd-e-o-sexo-na-midia/

  • “Deep Web não é coisa de Satã”

http://mobground.net/deep-web-no-coisa-de-sat/

  • “O selvagem cinema coreano”

http://mobground.net/o-selvagem-cinema-coreano/

  • “Estava ótima a Campus Party”

http://mobground.net/estava-otima-campus-party/

Comente pelo Facebook

Jornalista. Fã de gore, terror e todas as bizarrices da internet. O pessoal daqui diz que eu sou um Shinigami.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta