sol-nascendo-no-campo-

Às cinco, acordei.
Eu precisava saudá-lo.
Entretanto,
Ele se escondeu.

E eu lá,
Na pedra mais alta…
Ventava…
E nada.

Após quarenta minutos…
Lá estava.
Sorriu,
Saldei-o.

Deixei a mágoa de lado,
Sorri de volta e,
Parti para acompanhá-lo.

E, para tal proeza
Eu deveria fazer do meu dia o mais feliz de todos.
Assim,
Todos os dias.

Por mais que não reconheçam o que fazemos,
Por mais que dê raiva,
Fiquemos indignados…
Enfim…
Quando o Sol nasce,
Ele da o “maior show”,
Mas muitos ainda dormem e,
Mesmo assim,
Ele nunca deixa de brilhar.

O post O dia, meu dia. apareceu primeiro em Mob Fiction.

Comente pelo Facebook

Não sei escrever sobre mim... Sou o que nem eu mesma sei quem sou. Acho difícil ter uma "biografia" enquanto viva!! Até agora, o que posso dizer é: Sou formada em Marketing, quase uma Comunicóloga (daqui alguns meses essas informações passarão por um baita reajuste!), amante da Música - ela sempre está comigo - gosto de filosofia, política (discutir), fotografia, ler... Escrevo aqui, escrevo lá...E continuo escrevendo. Não tenho um estilo próprio, pois cada portal dispõe de um estilo. Assim, me adapto facilmente. Penso que já é o bastante, mas como diria 'Raulzito': "Sou uma Metamorfose Ambulante". Sigam-me no Twitter e conhecerão alguns "caracteres" de mim!!! @patihipolito

ARTIGOS SEMELHANTES