Depois de assistir os filmes Invocação do Mal 1 e 2 fica aquela curiosidade de saber um pouco mais sobre os protagonistas Ed e Lorraine Warren, casal que realmente existe na vida real. Uma rápida pesquisa na internet mostra que eles não eram muito bem vistos pela comunidade de investigadores do sobrenatural, sendo acusados de aparecer apenas quando um caso começava a ganhar notoriedade e de abandonar o caso quando todos perdiam o interesse. De qualquer forma, eles eram investigadores e conheciam muito o sobrenatural, tornando muito interessante a leitura de Ed & Lorraine Warren: Demonologistas, livro lançado pela editora Darkside Books.

Ao contrário do que pode parecer à primeira vista, o livro não é uma biografia, mas sim a apresentação de diversos casos investigados pelo casal. Escrito por Gerald Brittle a partir de entrevistas com Ed e Lorraine, em diversos momentos o livro parece até uma ficção. A maior parte da obra consiste em depoimentos do casal, com Brittle fazendo apenas pequenas explicações aqui e ali. E as investigações são contadas com tantos detalhes que permitem ao leitor viajar e imaginar cada cena. Algumas descrições são tão intensas que é impossível não parar a leitura e dar aquela olhada ao redor para se certificar de que não tem nada estranho por perto.

Além da apresentação dos casos, Ed & Lorraine: Demonologistas explica também sobre o mundo do sobrenatural. São apresentadas explicações para diferenciar os diferentes tipos de fenômenos, como aparições de pessoas que já morreram e espíritos malignos vindos direto do inferno. O casal conta ainda um pouco sobre como é o trabalho deles junto com padres católicos na realização de exorcismos. Ao mesmo tempo em que essas explicações são interessantes, elas também acabam sendo o maior problema do livro. Ed e Lorraine são cristãos, então todos os seus depoimentos são dados tomando essa mitologia como verdade absoluta, sem abrir espaço para outros tipos de crenças.

Em determinado momento, Ed Warren afirma categoricamente que toda atividade demoníaca se origina da inveja que os demônios sentem do amor de Deus. Após ajudarem uma família com problemas sobrenaturais, Ed os aconselha a chamar um padre para benzer a casa para conseguir se livrar de uma vez do problema. Além disso, ele diz que todos devem ir à igreja pelo menos todos os domingos, pois a infestação demoníaca havia sido tão grande que apenas isso poderia garantir a segurança da família. Leitores cristãos provavelmente vão passar batido por isso, mas para quem mantém a mente aberta a outras religiões isso acaba incomodando um pouco e me fez até questionar a veracidade das histórias.

Áudio original do caso do Poltergeist de Enfield:

Outro ponto negativo é que o livro possui poucas fotos e as que estão lá não mostram nada de sobrenatural, apenas casas que supostamente foram bagunçadas por espíritos. Apesar disso e do apego ao cristianismo, Ed & Lorraine Warren: Demonologistas ainda é uma leitura interessante para os fãs do sobrenatural. Entre as histórias apresentadas pelo casal estão os casos de Amityville, da boneca Annabelle e dos filmes Invocação do Mal. E todos os casos são contados com uma riqueza de detalhes que nos fazem até ficar atentos a qualquer barulhinho estranho dentro de casa.

Ed & Lorraine Warren: Demonologistas

Autor: Gerald Brittle

Páginas: 272 (capa dura)

Editora: Darkside Books (2016)

COMPRE AQUI:

Amazon | Submarino | Americanas | Saraiva


Comente pelo Facebook

Felipe Storino é carioca, criado na Zona Norte do Rio de Janeiro e radicado no Espírito Santo. Possui três grandes paixões: o Flamengo, cinema e games. Sobre os games, começou nessa vida ainda na época do Atari e do Odyssey e nunca mais largou os joguinhos. Quando não está jogando, está assistindo filmes, séries ou lendo gibizinhos. Recentemente virou grande entusiasta dos jogos de tabuleiro, comprando mesmo quando não tem com quem jogar. É orgulhoso possuidor de um Super Nintendo e um Master System 3 originais.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta