Sugerido por Letícia César

[Palavra Chave] Construção x Destruição

Estou me construindo, peça por peça, segmento por segmento, a partir dos destroços de mim mesmo. Estou recolhendo todos os cacos das minhas asas quebradas para me remontar, pois desejo, e muito, voltar a voar. Estou respirando fundo, tragando o ar para as profundezas das minhas entranhas, com o intuito de manter a coesão da minha alma que se despedaça. Estou tremendo, tentando evitar a compulsão, estou tremendo para evitar que os meus pedaços se distraiam e se dispersem em inutilidades. Estou recolhendo meus cacos para construir um novo eu para mim mesmo.

Estou me destruindo, pecado por pecado, sentimento por sentimento. Estou pisoteando as minhas incoerências, os meus egocentrismos, as minhas crueldades. Estou socando o estômago dos meus preconceitos. Estou estilhaçando as minhas arrogâncias, as minhas covardias, as minhas imaturidades. Estou esmigalhando os meus ódios e os meus rancores. Estou me destruindo em partes para que as partes possam se reconstruir.

Estou me construindo, pedaço por pecado, sentimento por segmento. Estou me perdoando pelas minhas falhas, estou reconhecendo os meus erros, estou evitando os meus gracejos. Estou respeitando as minhas limitações. Estou construindo novas convicções. Estou aceitando novas atribuições. Estou me construindo uma vez mais para mais uma vez voltar a viver.

Estou me destruindo, traço por traço, momento por momento. Estou afugentando as minhas invejas e as minhas lamúrias. Estou desconsiderando as minhas infantilidades e as minhas vaidades. Estou dando uma voadora nos meus orgulhos e imbecilidades. Estou desmembrando os meus medos e mágoas. Estou destruindo meus piores aspectos de escuridão, para que novos aspectos de esperança possam tomar o seu lugar.

Estou me reconstruindo, peça por peça, pecado por pecado, sentimento por sentimento. Estou me desconstruindo para enterrar as minhas partes despedaçadas. Estou me destruindo por dentro, para não mais destruir para fora. Estou recolhendo todos os meus cacos, todos os brilhos e escuridões, para reconstruir a minha alma. e voar através dos céus.


Não entendeu os motivos deste post? Clique aqui.

Carregar mais artigos relacionados
  • [Palavra Chave] Essências da Alma

    Solicitado por Éllen Ayo Lemme   Num canto escuro desses qualquer, uma pequenina cham…
  • Por que incomoda tanto o Tocha Humana negro?

    E então liberaram o primeiro trailer do novo filme do Quarteto Fantástico pela Fox, um reb…
Load More By Fábio Kabral
Load More In Mob Ground

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira também!

[Palavra Chave] Essências da Alma

Solicitado por Éllen Ayo Lemme   Num canto escuro desses qualquer, uma pequenina cham…