Olá a todos, sejam bem-vindos a mais um videocast semanal do Pipoca E Nanquim, nesta inesperada sexta-feira chuvosa (pelo menos em São Paulo). Pois é, hoje é dia de chegar em casa lá pelas 23h, então, por que não dar um tempo antes de tomar aquele banho e sair naquela balada federal, e antes consumir um pouco de cultura? E quer saber, desta vez, chutamos o balde em termos de cultura.

Nosso tema da semana é um favorito do trio parada-dura, um diretor que, sem exagero, é um dos maiores de todos os tempos e, embora tenha um conjunto da obra curto (apenas 13 filmes), produziu mais obras primas do que quase todos os seus pares produzem em uma vida inteira: Stanley Kubrick.

Cineasta linear, cuja obra não goza de altos e baixos – apenas altos -, há muito devíamos um videocast realmente de conteúdo e esperamos que, desta vez, a gente tenha acertado na mosca.

O quê? Não associou o nome aos filmes? Que tal O Iluminado, 2001- Uma Odisséia no Espaço ou Laranja Mecânica para reavivar sua memória?

É isso aí, galera, ficamos por aqui e aguardamos seus comentários. Grande abraço e até a semana que vem.


COMENTADO NESSE VIDEOCAST:

O erro de Kubrick: De Olhos Bem fechados, crítica do colaborador Ademir Luiz

Videocast 32 – Guerras: Parte 1

Kubrick e a Literatura, artigo do colaborador Ademir Luiz

Podcast 64 – Moebius, Giraud e Gir

FILMES INDICADOS

A Morte Passou Perto (Killer’s Kiss, 1955)

O Grande Golpe (The Killing, 1956)

Glória Feita de Sangue (Paths of Glory, 1957)

Spartacus (Spartacus, 1960)

Lolita (Lolita, 1962)

Dr. Fantástico (Dr. Strangelove, 1964)

2001: Uma Odisseia no Espaço (2001: A Space Odyssey, 1964)

Laranja Mecânica (A Clockwork Orange, 1971)

Barry Lyndon (Barry Lyndon, 1975)

O Iluminado (The Shining, 1980)

Nascido para Matar (Full Metal Jacket, 1987)

De Olhos Bem Fechados (Eyes Wide Shut, 1999)

115 – Stanley Kubrick por pipocaenanquim no Videolog.tv.

Comente pelo Facebook

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta