figurinha-portes-cerroRespeite o futebol e leia a gente. Sob esse slogan, a Todo Futebol vem trabalhando para trazer as melhores e menos óbvias histórias do esporte. Estamos no ar desde 2011 com uma missão um pouco complicada: usar a leitura para trazer novos torcedores. Ao tratar o passado como peça crucial para explicar a paixão que temos pela bola, esperamos que o leitor aprecie cada personagem e cada lenda com o mesmo interesse que teria se o assunto fosse o seu time do coração. É verdade que temos os nossos, mas isso não deve jamais nos impedir de admirar a tradição alheia.

Na TF, o futebol é tratado não só como mote para cada texto em especial, mas sim como algo que desperta as maiores fantasias. Tanto é que muitas vezes a realidade dá lugar à imaginação. Prova disso são os filmes hipotéticos de James Bond como jogador do Liverpool, as coisas que Suárez podia fazer enquanto estava suspenso pela FIFA, ou mesmo encontrar Jesus Cristo num jogo da Argentina na Copa do Mundo. Também imaginamos como seria se grandes seriados fossem adaptados ao futebol ou a situação maluca em que Luís Figo assinaria por dois times ao mesmo tempo, baseado no que ele viveu em 1995.

Emprestamos nosso conteúdo à Mob Ground em uma parceria inovadora, para que o site também tenha um pouco mais de atenção para o esporte, mais especificamente o futebol. Nessa empreitada, queremos que você veja o futebol de uma outra forma, mais romantizada. E que volte sempre para conhecer nossos heróis e vilões.
Capturar
Home da Mob com a TF
Então fiquem ligados, que de agora em diante, a Todo Futebol faz parte do Paraíso dos Insanos. Basta visitar a home da Mob, ou conferir diretamente esse link:
http://mobground.net/mob-ground/esportes/todofutebol/

Comente pelo Facebook

Paulista que mora em Curitiba e se divide entre as paixões por Palmeiras e Roma. Ávido colecionador de camisas, minicraques e miniaturas de Fórmula 1, passa dias a fio vendo antiguidades futebolísticas no Youtube. Já trabalhou em sites como Footstats, Trivela, Portal Vox, Yahoo Esportes e atualmente colabora quinzenalmente com o Esporte Final, da Carta Capital. É zagueiro de aluguel aos sábados/segundas e poderia ter sido um brilhante beque do Novorizontino, mas nunca tentou uma peneira e é ruim demais para isso.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta