the_warriors_01

“Eles são mais perigosos que o sistema, mais violentos que o Estado e muito mais numerosos que a polícia. Membros de todas as gangues de Nova York se reúnem no Bronx para acabar com suas rivalidades e, juntos, lutarem contra “O Homem”. Tenha muito cuidado ao voltar de madrugada para casa.”

Imagino que vocês já tenham visto (várias vezes, inclusive) o filme Os Selvagens da Noite (1979), que é um verdadeiro clássico sobre a violência das gangues e a implacável justiça das ruas. Mas imagino também que, assim como eu, vocês não sabiam que The Warriors foi baseado em um livro homônimo do escritor Sol Yurick, que fora lançado em 1965 e que até então, permanecia inédito no Brasil.

Permanecia, porque a Darkside Books (sempre ela!) anunciou o lançamento desta obra-prima literária marginal, que é ainda mais cruel que no cinema, e com certeza muito mais realista. Uma aventura frenética e perturbadora, capaz de brigar de igual pra igual com Laranja Mecânica, de Anthony Burgess, numa luta de facas literária.

“Guerreiros, venham aqui brigaaaaaar!”

Para quem passou noites em claro vendo reprises do filme de 1979 no Corujão ou detonando no game de Playstation 2, o livro de Sol Yurick oferece um prazer a mais: conferir as muitas semelhanças e diferenças entre The Warriors no papel e na telinha.

No livro, os guerreiros em questão são membros dos Dominators de Coney Island, acusados, injustamente, pelo assassinato do líder que tentava unificar as gangues. Jurados de morte, os Dominators não têm outra alternativa além de fugir, atravessando territórios inimigos sem nunca saber em que beco sombrio a Morte se esconde.

Inspirado nos então chamados delinquentes juvenis que Sol Yurick conheceu de perto ao trabalhar como assistente social, os personagens são anti-heróis de carne osso, capazes de atos de bravura e covardia com igual intensidade. Um retrato fiel dos conflitos de jovens à margem da lei durante uma época de contestação social, conflitos raciais e revoluções criativas.

Dos hippies ao hip-hop. De Tarantino à Armação Ilimitada. O cinema, os games, a música, a moda e a street art beberam dessa mesma fonte. É hora dos guerreiros originais reconquistarem seu território na cultura pop. Leia The Warriors e descubra por que esse romance, escrito há cinquenta anos, continua mais atual do que nunca.

post the warriors

[quote_box_center]Ficha Técnica

Título: The Warriors

Autor: Sol Yurick

Editora: DarkSide Books

Especificações: 256 páginas, capa dura,  14 x 21 cm

Lançamento: Setembro de 2015[/quote_box_center]

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Thiago Chaves
Load More In Livros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira também!

Um quadrinho obrigatório: BLACK HOLE, de Charles Burns | Pipoca e Nanquim #269

Black Hole, lançamento da editora Darkside Books, foi publicada originalmente, nos Estados…