Compareci no Sétimo Grande Ato em São Paulo de ontem, quinta-feira (20), e fiz mais um vídeo destacando o que vi por lá.

Ato que, a princípio, infelizmente mais parecia uma festa de carnaval. Aliás, até gritaram por lá “Olha que legal, o protesto virou um carnaval!“. Muitas e muitas pessoas lá estavam, com seus cartazes “criativos” tentando fazer graça. Ficando a penas nessa tentativa de graça mesmo.

Outros estavam lá apenas para causar polêmica. Como é o caso dos partidários do PT, que se sentiram no direito de levantar suas bandeiras. Se camuflando, tentando se passar pelo Movimento Passe Livre e vaiando a bandeira do Brasil.

Outros ainda, estavam lá só para expulsar os partidários.

Tudo estava muito genérico, até ali. Cheguei a ver inclusive uma bandeira “Todos Contra Corrupção“.

Contudo, mais para frente o Ato tomou uma forma aceitável. O MPL tomou o comando e organizou os protestos, com seus gritos ainda sobre o tema tarifa. Chegaram a fechar a Av. 23 de Maio lá pelas 20:00 horas, aos gritos de “Ei você do carro, o combustível também tá caro“.

O que não era necessário jamais. O protesto ocorrido na Avenida Paulista já estava de bom tamanho. Já que, a “vitória” dos R$0,20 já fora alcançada, e nenhum outro tema principal fora levantado no dia.

Comente pelo Facebook

Designer (gráfico e web), viciado em séries e em filmes, colecionador, rockeiro, torcedor do Tricolor Paulista...

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta