AC-IV

Vagar pelo mar aberto em busca de aventuras, tesouros e batalhas fantásticas. Isso era algo que eu sempre tentei encontrar em jogos relacionados a piratas, navios e coisas do tipo. Encontrei apenas no mundo dos RPGs de livros, jogando Gurps, 7th Seas e outros sistemas que eu conseguisse usar de todo folclore criado em torno dos piratas e a chamada era de ouro.

Mas faltava um game eletrônico, algo que me levasse de forma mais tátil a esse mundo. O jogo do Piratas do Caribe é chato e sem graça, até joguei outros em meados do ano 2000, mas faz tanto tempo que nem lembro o nome do jogo, só sabia que ainda faltava algo.

Até que alguns meses atrás, um pouco antes da E3, a Ubisoft fez o anúncio de um novo Assassins Creed, Assassins Creed Black Flag. Muitos disseram:

“Poxa, mais um! Essa franquia já deu o que tinha de dar”

E quando vi o trailer eu percebi o quão foda o jogo poderia ser. Ele iria misturar tudo aquilo que sempre sonhei em um jogo com piratas:

  • Grandes embarcações a vela;
  • Busca por tesouros em locais paradisíacos;
  • Mar com ondas de verdade (Nunca vi um jogo que representasse isso de forma convincente!);
  • E caçadores de piratas.

Tudo isso misturado ao gráfico mais que fantástico que o Assassins Creed 3 já tinha nos mostrado e todo o seu estilo de jogabilidade.

Claro que muitos poderiam pensar que aquilo era apenas mais um vídeo promocional e que o jogo nem seria tão bom assim.

Ok.

Fiquem com esses 10 minutos de gameplay mostrando um pouco da jogabilidade em mar aberto!

Estou curioso para saber o que acontece quando você bebe demais na taverna…

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Sayron
Load More In Games

No Comments

  1. Joelma Alves

    6 de setembro de 2013 at 22:04

    3 palavras: take my money!

    Reply

    • Sayron

      9 de setembro de 2013 at 12:08

      Exato!! Estou chorando porque já tenho GTA V para pagar e no mesmo mês que virá Black Flag tem ainda Watch Dogs! Conta bancária entrando em desespero!!

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira também!

[Resenha] Abominação de Gary Whitta

Historicamente muita coisa sobre a Idade Média, ou era Medieval, se perdeu em meio a guerr…