xomanowar_vol1_pelaespada_hqm_web

X-O Manowar volume 1: Pela Espada

Editora: HQM Editora

Licenciador: Valiant

Categoria: Edição Encadernada (reúne as edições  X-O Manowar nº 01, 02, 03 e 04)

Gênero: Ficcão Científica

Número de páginas: 120

Formato: Americano (17 x 26 cm), colorido/Lombada quadrada

Preço de capa: R$ 39,90

COMPRE AQUI NA COMIX!


Criação da Valiant ganha encadernado de luxo pela HQM Editora e merece ser conferido!

Aric de Dácia é um guerreiro. Ele gosta de guerras, odeia os romanos, gosta de transar com a sua mulher, que é muito gostosa,  odeia um pouco mais os romanos eles sequestraram-na.

Ele realmente odeia o Império Romano.

E esse rancor contra os caras só aumenta quando um belo dia ele e seus amigos entram em combate contra uns estranhos seres os quais eles pensavam serem seus inimigos históricos, e acabam indo parar no espaço!

XO1.2

Esse é o início da trama de X-O Manowar volume 1: Pela Espada, personagem da Valiant Comics que teve o seu título relançado em 2012 nos EUA e chega em versão encadernada pela HQM Editora aqui no Brasil. As histórias de Aric de Dácia foram o pontapé inicial para o retorno da editora americana ao mercado de HQs depois de um longo inverno.

Os responsáveis pelo renascimento do personagem foram o roteirista Robert Venditti e o desenhista Cary Nord. Venditti aqui no Brasil é famoso pela sua atual fase no Lanterna Verde em que comanda a vida de Hal Jordan e companhia. Já Nord é famoso pela sua fase no Demolidor pré-Diabo da Guarda, além de ter participado do relançamento do Conan na Dark Horse ao lado do escritor Kurt Busiek.

O roteirista cria uma trama de origem muito bem contada e que cativa o leitor em um estalar de dedos. Aric de Dácia é um personagem forte e com personalidade bem definida logo em sua primeira aparição: um guerreiro que luta por seus companheiros e, acima de tudo, por seus ideais.

Ao ser sequestrado por uma raça alienígena conhecida como A Vinha e virar escravo, nosso herói sofre barbaridades nas mãos dos extraterrestres até tomar posse da armadura Shanharam (a armadura X-O Manowar que dá nome ao título).

A armadura com um nome esquisito é considerada um artefato sagrado pelos Vinha, e quando nosso herói toma controle da mesma as coisas não acabam muito bem para os aliens. É justo nessa hora, quando o gibi engrena, que o encadernado praticamente chega ao fim.

O leitor fica com aquele gosto de quero mais na boca, curioso para saber o destino do herói e como ele vai se adaptar às diversas novas situações que agora fazem parte da vida dele, tudo belamente desenhado por Cary Nord.

Se o roteiro consegue fazer com que você queira mais, a arte não fica atrás. O desenhista canadense evoluiu consideravelmente ao longo dos anos e aqui atinge o ápice. Os cenários italianos e alienígenas são belamente ilustrados. Boa parte da beleza também se deve ao arte-finalista Stefano Gaudiano, sejamos justos.

A edição da HQM é muito bem acabada graficamente, papel de alta qualidade, orelhas para marcar as páginas (mas só se você quiser, é claro), e serve como um bom ponto de partida para compreender e entender o universo Valiant.

De negativo apenas o preço, mas o que é compreensível para uma editora pequena. Mas esse valor pode afugentar leitores não dispostos a arriscar em um material desconhecido e a continuação pode ficar em perigo.

Se você procura por um gibi que não é nenhum clássico, mas é bem contado, essa é a sua praia. Você não vai se arrepender.

HQ gentilmente cedida pela nossa loja parceira Comix Book Shop.

comix_480x60_02

 

Comente pelo Facebook

ARTIGOS SEMELHANTES

3 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta