Vogons_banner
Citando Vanessa da Mata “É só isso, não tem mais jeito. Acabou, boa sorte.” Pois é mundo, depois anos e mais anos finalmente chegou a hora de você se aposentar e de levar todo mundo junto. Não tem problema, a gente sabe que uma hora todo mundo pede um descanso.
Os Maias avisaram e depois de muita piada e montagem na internet finalmente vão desligar os aparelhos. Eu queria começar pedindo desculpas.

Não vou falar no nome da humanidade mas vou falar por mim. Peço desculpas por termos criado Justin Bieber, Geyse Arruda e Latino (Isso sem contar todos os funkeiros, pagodeiros e cantores ruins que fazem muito sucesso). Peço desculpas pela diferença de classe social, pela homofobia, racismo e sexismo. Peço desculpas pelos adolescentes que só querem saber do mais novo aparato tecnológico e desconhecem o valor de uma boa família.

Peço desculpas por todas as crianças que não puderam ter uma família e por todas as famílias que só querem saber de ganhar mais dinheiro e tentar comprar o amor dos filhos com brinquedos. Peço desculpas pela falta de abraços e gentileza, pela falta de altruísmo e pelo excesso de consumismo. Peço desculpa por todas as pessoas que só compraram um animal por comprar e os abandonaram quando cresceram. O mesmo vale para todas as crianças que não foram planejadas e depois jogadas a própria sorte no mundo.

Peço desculpa pela violência e pela falta de tato para com o próximo. Peço desculpa por causarmos tantos suicídios, assassinatos, estupros e coisas bem piores do que essa. Eu tentei fazer a minha parte nesses meus 21 anos de existência mas mesmo assim, acho que não fiz o suficiente. Como agora é a hora de todo mundo pedir por absolvição (pelo menos os que acreditam em Deus ou numa força superior) eu também peço a minha. Sei que fiz um monte de coisa errada mas também tentei acertar. É como o Neil Gainman disse:

“Se você errou não fique triste, pelo menos você tentou fazer alguma coisa”

Vogons

Não sei como você vai acabar mundo, mas espero que minha morte seja rápida. Uma pedrada na cabeça, um impacto muito forte, ataque cardíaco, sei lá. Mas que não doa muito, e se o apocalipse zumbi realmente acontecer, espero que o vírus não demore muito para fazer efeito porque eu sei o quanto doi uma mordida humana pra valer.

Se ainda tiver um pouco de internet e alguém acessar esse post da Mob Ground peço que espalhe para os outros sobreviventes o quão legal todo mundo que escreve pra cá é. E que também éramos muito lindos e simpáticos. Já que é pra deixar um legado, que seja verdadeiro (aham Claudia).

Se alguém conseguir entrar na minha casa e encontrar minha família morta, pode pegar as roupas que tivermos nos armários, não precisaremos delas. Não que seja muito útil já que o mundo vai acabar, mas vai que alguém vive não é mesmo? Um último gesto altruísta não vai machucar ninguém. Podem pegar a comida que sobrou e alguns utensílios, já aviso que só temos facas em casa então se procura por uma arma, vai ter que se contentar com isso, mas acho que o vizinho do lado pode te ajudar nisso.

Se o fim do mundo não for através de um apocalipse zumbi, mas por algum outro tipo de vírus me despeço aqui, minha imunidade nunca foi muito forte então podem adicionar meu nome na lista de primeiros óbitos, só peço que escolham uma foto bonita para os boletins de notícia. Mesmo morta tenho meus ataques de vaidade.

Agora, já aviso que se o mundo sofrer um reset e sobreviver gente, mas eu estiver morta, puxarei o pé de todo mundo e assombrarei quem eu tiver vontade independente de cor, credo ou opção sexual.

É isso mundo, não sei como você vai passar a sua aposentadoria, se vai tomar um bom banho e inundar a humanidade, se vai explodir por causa de alguma das milhares de guerras que causamos ou se algum amiguinho intergalático vai resolver brincar de Mortal Kombat com você e te dar um fatality. Um reboot seria bem legal.

A todos que leram a Mob Ground desde a época do Nerds Somos Nozes eu deixo aqui o meu muito obrigado, fizemos essa doidera por diversão e adicionamos vocês a lista de motivos pelos quais arrancamos cabelos toda a semana pensando em algo novo para escrever. Obrigado a todas as pessoas que me disseram que isso nunca ia dar certo e que eu não conseguiria fazer um monte de coisa, eu consegui enquanto vocês postavam “Curta Vs. Compartilhe” ou orkutizavam o Facebook.

Fico triste de saber que nunca descobrirei como acaba a HQ de The Walking Dead, o arco Death Of The Family do Batman, os mangás Saint Young Men, X da CLAMP, Renai Idenshii XX, Kuroshitsuji e nunca verei a terceira temporada de Sherlock da BBC. Mas, o que eu posso fazer não é mesmo? Ao menos que The Doctor ou Goku apareçam nos 45 minutos do segundo tempo e deem um jeito nessa situação tudo o que posso fazer é lamentar.

A todos que ficaram conosco desde o começo de tudo, mais uma vez muito obrigado. Me despeço aqui, Lucas Silva e Silva encerrando a transmissão diretamente do Mundo da Lua e caso eu não os veja mais:

Bom dia, boa tarde, boa noite, bons sonhos e boa sorte.

apenas-o-fim-do-mundo

 

Comente pelo Facebook

Jornalista. Fã de gore, terror e todas as bizarrices da internet. O pessoal daqui diz que eu sou um Shinigami.

ARTIGOS SEMELHANTES

3 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta